Distúrbio de terror noturno costuma atingir crianças de 3 a 10 anos (07/11/2015)
14/11/2015

2 Comentários
  • Carolina Castro quinta-feira, 16 de novembro de 2017 às 13:47
    Muito obrigada por essa explanação tão bem explicada! Tenho um bebê de 2 anos, que quando muito mais novo, com meses, tinha crises quase constantes de terror noturno, agora elas estão bem esporádicas. Mas relembrar dos cuidados necessários para não prolongar esse "sofrimento" para nós que estamos acordados, foi muito acalentador. Muitíssimo obrigada!!!
  • Vera maria santos leal terça-feira, 19 de setembro de 2017 às 16:22
    Necessito de uma consulta urgente pela ASSEFAZ para o meu marido
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href=" title="> <abbr title="> <acronym title="> <b> <blockquote cite="> <cite> <code> <del datetime="> <em> <i> <q cite="> <strike> <strong>

Clínica Bacelar © 2014 | Todos os Direitos Reservados

Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Em breve entraremos em contato diretamente em seu e-mail, ou através do telefone de contato informado.

Obrigado pela preferência!

Atenciosamente,
Equipe Clínica Bacelar

Dados inválidos. Por favor, tente novamente.

Solicitação de Contato

Não conseguiu contato via telefone?
Deixe seus dados que retornaremos assim que possível:



Obrigado! :)

Mensagem enviada com sucesso!

Em breve faremos contato.

Atenciosamente,
Equipe Bacelar

x